O Dente Santo, aquele misterioso objecto pertencente a pessoas de Aboim da Nóbrega, que diziam ter poderes milagrosos na cura das mordeduras de cães raivosos, tem-se constituído como a maior lenda de Aboim da Nóbrega. Desconhecido o seu paradeiro durante vários anos, foi recentemente "reencontrado" como resultado de um oportuno projecto desenvolvido pelos Escuteiros de Aboim da Nóbrega, com o objectivo de recuperarem e divulgarem o património da freguesia. A nossa dúvida é saber se devemos chamar ao Dente Santo, de Lenda, uma vez que estas usualmente derivam de pura ficção; mas o Dente Santo existe, está muito bem guardado no Museu da Faculdade de Medicina da Universidade do Porto e várias pessoas afirmavam, até ao Dente ser apreendido, em 1920, no Concelho de Vila Nova de Gaia, terem sido curadas por seu intermédio. Deixamos aqui a oportunidade de todos chegarem a uma resposta, descarregando e lendo o artigo científico escrito em 1921 pelo Prof. Dr. Pires de Lima (DenteSanto.Doc 2,9Mb). Este artigo foi distribuído pelos Escuteiros na Exposição que organizaram em Agosto último.